registro de softwares

“Aplicativos móveis geram 100 a 300% mais conversões do que sites móveis”.

Este dado ilustra de maneira ideal a realidade do mercado de softwares e aplicativos no Brasil hoje, onde muitas vezes não se trata de uma solução completamente inédita e inovadora, mas um instrumento de difusão da marca, atração, conversão e fidelização de clientes, canal de informações e sugestões, entre outros benefícios

O fato é que vivemos em um período em que a comunicação é extremamente valorizada, tornando a internet e as redes sociais um elemento fundamental para o sucesso. Dos aplicativos corporativos/institucionais, passando pelos aplicativos de jogos até os marketplaces, os softwares conquistam cada vez mais espaço e, portanto, devem ser protegidos.

Tudo o que utilizamos em nosso dia a dia é ou funciona através de algum software. Seja um aplicativo de mensagens em nosso celular, seja o sistema operacional que utilizamos em nossos notebooks, tablets e celulares. Os softwares são uma parte integral e indissociável da vida moderna.

registro_de_softwares_2

O trabalho de criação de um software ou aplicativo costuma ser lento e custoso, haja vista precisar de um profissional especializado para a sua construção. Com a conclusão, os resultados compensam o esforço e a empresa poderá usufruir dos benefícios. Todavia, problemas como pirataria, cópias e concorrência desleal podem abalar a credibilidade e os efeitos desejados

Vejamos, então, como é possível proteger o seu software ou aplicativo, através do registro de softwares e aplicativos, em apenas 5 passos:

 

O registro de softwares e aplicativos junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial surge como uma solução para esse problema em potencial. Com o software registrado, o titular também poderá  reger a relação jurídica licenciando e/ou comercializando o uso para terceiros por meio de contratos específicos, evitando possíveis dores jurídicas. 

Ficou curioso para saber como proteger o seu aplicativo? Confira o passo a passo para registrar o seu software pelo INPI, garantindo segurança jurídica dos seus códigos por 50 anos em todos os países.

Apesar de conter apenas cinco passos, estes exigem conhecimento técnico e acompanhamento, evitando que o investimento nas taxas seja em vão e garantindo a efetividade do processo. Dessa forma, não deixe de tirar todas as suas dúvidas e de buscar ajuda especializada

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário